RSS

Dio Come Ti Amo

"Dio, come ti amo" (tradução portuguesa: "Meu Deus, como Te Amo") foi a canção que representou a Itália no Festival Eurovisão da Canção 1966 que se realizou na Cidade do Luxemburgo em março de 1966. Com essa canção o compositor Domenico Modugno vencera o Festival de San Remo de 1966 em janeiro daquele ano, com a interpretação de Gigliola Cinquetti e o sucesso alcançado (também no Brasil) levou a que fosse produzido o filme homônimo.

Dio Come Ti Amo

Nel cielo passano le nuvole
che vanno verso il mare
sembrano fazzoletti bianchi
che salutano il nostro amore

Dio, come ti amo
non è possibile
avere tra le braccia
tanta felicità
Baciare le tue labbra
che odorano di vento
noi due innamorati
come nessuno al mondo

Dio, come ti amo
mi vien da piangere
in tutta la mia vita
non ho provato mai

Un bene così caro
un bene così vero
chi può fermare il fiume
che corre verso il mare



Le rondini nel cielo
che vanno verso il sole
chi può cambiar l'amore
l'amore mio per te

Dio, come ti amo

Un bene così caro
un bene così vero
chi può fermare il fiume
che corre verso il mare
Le rondini nel cielo
che vanno verso il sole
chi può cambiar l'amore
l'amore mio per te

Dio, come ti amo
Dio, come ti amo
No Festival da Eurovisão a referida canção foi interpretada em italiano por Domenico Modugno. Foi a décima-quarta canção a ser interpretada na noite do evento, depois da canção monegasca Bien plus fort, cantada por Tereza e antes da canção francesa "Chez nous", interpretada por Dominique Walter. Esta participação de Modugno não foi feliz, pois não obteve qualquer ponto, classificando-se em último lugar, empatada com a canção monegasca. No ano seguinte, em 1967, a Itália fez-se representar com a canção "Non andare più lontano", interpretada por Claudio Villa.





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários: